ponte social

O amor é um dos sentimentos mais poderosos que existe. Ele pode transformar vidas, tanto a de quem ama quanto as de quem são amadas. A importância desse sentimento está presente na Bíblia constantemente e não podemos esquecer uma das passagens mais citadas sobre isso:

 

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

1 Coríntios 13:4-7

A melhor forma de viver os ensinamentos de Jesus é praticando a sua palavra. Falar que ama o próximo sem fazer o que está ao seu alcance para que o próximo tenha uma vida melhor pode ser vazio.

Existem várias maneiras de exercer a caridade e esse amor e a melhor maneira é ajudando outras pessoas e transformando a realidade. Veja abaixo como fazer isso de uma forma simples e com algumas atitudes que fazem a diferença!

Não só a palavra, como as ações de Jesus são um grande exemplo para todos, cristãos e não cristãos. Amar como Jesus amou é extremamente nobre, é amar sem olhar a quem, criar empatia e entender o outro com as necessidades físicas e afetivas.

Você também quer mudar vidas e exercer o amor de Cristo todos os dias? Exercitar o amor ao próximo é a melhor forma de fazer isso. Saiba como!

 

VIVA A PALAVRA DE DEUS

A caridade é um dos melhores caminhos para transformar vidas e deixar o mundo melhor. Ela foi ensinada por Jesus Cristo a cada passo que ele dava, ajudando as minorias, sem julgamentos ou ofensas.

Ele simplesmente estendia a mão. Ele sempre buscava ajudar os que iam até ele e mesmo  os que não iam. Foi o caso, por exemplo, de Maria Madalena, que estava sendo apedrejada e Jesus interveio em sua defesa. Ele não permitiu que aquela injustiça acontecesse porque ele amava a todos de forma incondicional.

O amor ao próximo foi uma das palavras e ações mais praticadas por Jesus enquanto esteve entre os homens. Exercer o amor de Jesus no nosso dia a dia pode ser bem difícil, mas é preciso força e perseverança.

 

Quem é o próximo que devemos amar?

Qualquer um que esteja à nossa volta merece ser amado por nós. Mas devemos dar atenção especialmente às minorias, àquelas que, em muitas situações, são deixadas de lado por preconceitos de gênero, cor e condição social.

Já parou para perguntar a uma criança no semáforo por que ela está ali?  É apenas uma criança que, como qualquer outra, queria estar brincando com os colegas na escola e não pedindo dinheiro nas ruas para sobreviver.

 

Como podemos amar o próximo

 

Seja um voluntário

Busque na sua cidade projetos e atue como voluntário nas causas com que você se identifica. Pode ser em apenas um projeto, caso você não tenha muita disponibilidade de tempo, mas isso já faz uma grande diferença.

Existem várias ações nas quais você pode atuar. Por exemplo, se na sua cidade há um asilo ou um orfanato, você pode trabalhar como voluntário.

Inclusive, você pode oferecer os seus serviços profissionais, que podem ser muito úteis em diversos locais. Se você é um profissional da área da saúde como um dentista, médico, fisioterapeuta, pode tirar algumas horas da sua semana para prestar assistência nesses locais. O mesmo vale para qualquer outro profissional como um advogado, contador, administrador, entre outros.

 

Ajude de forma digital

Não tem tempo de ser um voluntário pessoalmente? Então, você pode ajudar de forma digital. Por exemplo, pode se propor a cuidar de uma ou mais redes sociais de alguma ONG, pode divulgar os serviços e iniciativas desses locais, o trabalho que eles exercem e inspirar outras pessoas, conseguindo mais voluntários.

 

Seja mais consciente

Que tal ter atitudes mais conscientes em diversas áreas da sua vida e pensar um pouco mais no outro do que em si? Em algumas empresas, fica estabelecido que quem chega mais cedo estaciona um pouco mais distante, para que aqueles que, por algum motivo, chegaram atrasados, tenham como estacionar sem maiores problemas e sem perda de tempo.

Parece algo pequeno, mas faz diferença. Se você for almoçar em algum restaurante, tenha o cuidado de não deixar comida no prato para não alimentar o desperdício.

De acordo com pesquisas, todos os anos os brasileiros jogam fora mais de 40 toneladas de comida. Por isso, na hora de comer, pense na grande quantidade de pessoas que vivem em situação de extrema pobreza e que, muitas vezes, não têm o comer quase todos os dias.

 

Mude os seus hábitos de consumo

Quer outra forma de ser mais consciente? Mude os seus hábitos de consumo.

Existe uma tendência que está se espalhando por todo o mundo chamada minimalismo. Ela ensina a comprar apenas o essencial, aquilo que você realmente usa, e não apenas por questões de moda ou qualquer outro motivo que não seja, de fato, uma necessidade. Dessa forma, menos lixo é gerado no planeta e, é claro, o seu bolso agradece.

 

Apoie projetos sociais

Existem diversos projetos sociais que ajudam milhares de pessoas por todo o mundo. Mas, para que eles funcionem de forma efetiva, precisam da ajuda de todos, especialmente financeira.

Afinal de contas, sem recursos, não é possível fazer muito. Busque por projetos sociais sérios, que ofereçam transparência em suas ações. A Ponte Social junto com o ChildFund Brasil, organização social com mais de 52 anos de atuação no Brasil, realiza diversos projetos e programas em comunidades em situação de vulnerabilidade extrema, ajudando crianças e suas famílias a terem um futuro melhor.

Você pode ajudar contribuindo com doações de diversos valores em nosso site. Amar como Jesus amou pode não ser uma tarefa fácil, mas com o tempo você acabará percebendo que, além de fazer muito bem para as pessoas que precisam, se sentirá bastante recompensada pelos resultados!

 

Deixe um comentário